Dieta infantil balanceada

Matéria completa: http://delas.ig.com.br/filhos/seu+filho+tem+fome+oculta/n1597056699112.html

Seu filho tem fome oculta?

A fome oculta é caracterizada pela falta de micronutrientes ou deficiência de vitaminas e sais minerais. É um problema silencioso que pode aparecer mesmo onde não há escassez de alimentos. Nas crianças, é extremamente prejudicial, pois afeta o crescimento, compromete o desenvolvimento cognitivo e a resistência a infecções.

Segundo Tatiana Pires, Doutora em Ciência dos Alimentos e assessora da Abiad (Associação Brasileira de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres) mais de dois bilhões de pessoas no mundo sofrem de falta de nutrientes ou apresentam dieta com deficiência de vitaminas e minerais. “Isso traz drásticas consequências à saúde, especialmente em mulheres grávidas e em crianças”, alerta.

As vitaminas e minerais são fundamentais para a manutenção e desenvolvimento de cada célula do corpo humano e para seu funcionamento adequado. Quando falta na alimentação diária um ou mais nutrientes, ocorrem modificações internas no organismo. Se essa falta se prolonga, a reserva orgânica do nutriente vai declinando e leva ao aparecimento de sinais físicos.

Diagnóstico difícil
É difícil diagnosticar a fome oculta porque não aparece em exames de rotina e geralmente só é percebida quando seus sintomas já estão instalados. Pele ressecada, unhas fracas, cabelos quebradiços, cansaço, irritabilidade, insônia, dificuldade de concentração e apatia, são alguns dos sintomas.

Ligia Silva diz que só percebeu que a filha Andressa, 7, tinha deficiência de vitamina A quando a menina já estava com problemas de visão. “Foi um choque. Jamais imaginei que a dieta dela tivesse problema. Nunca faltou comida na minha casa” diz a dona de casa.

“Não se pode deixar chegar ao limite, pois a fome oculta pode afetar também a memória, capacidade de aprendizado e resolução de problemas e levar a criança à anemia”, alerta o professor Mauro Fisberg, pediatra e nutrólogo do departamento de pediatria da Universidade Federal de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>