Sim! Podemos ter paz com um recém-nascido

Sim! Podemos ter paz com um recém-nascido

Nosso pacotinho nasceu e depois apenas 3 dias, chegamos em casa e nos vemos sozinhas com um bebê que está longe de ser um boneco totalmente dependente de nós. Relaxa! Todas nós passamos por isso e é super gostoso! Ao longo desses anos percebi que podemos tomar alguns cuidados para que essa nossa nova rotina seja a mais prazerosa possível.

1. Antes de criar qualquer rotina pense se consegue fazer isso para sempre

É super fácil carregar um recém-nascido no colo, mas quando ele crescer imagine o peso e tamanho entre seus braços. Pra que ensiná-lo a gostar do balanço para dormir se depois terá que tirar? Parece pensamento frio e calculista, mas não é. O sono tem uma importância fundamental no desenvolvimento dos bebês e para eles é muito melhor aprender a dormir sozinhos. Aprender sim porque desde nascimento estamos ensinando nossos filhos. Gosto muito da “Encantadora de bebês” e no livro dela fala-se muito de paternidade acidental, que é quando fazemos tudo acidentalmente sem ao menos pensar nas consequências. Lógico que para mim custou uma filha cheia de manias e muitos livros lidos até conseguir ser firme e colocar em prática com o Julio. Fui firme sim, mas hoje 5 meses depois não me arrependo em nada. Meu filho dorme a noite toda desde os 2 meses de idade.

2. Regras são importantes desde o começo

Estipule regras e as siga. Lógico que estou longe de ser general, dou muito carinho ao meu filho, pego no colo e ele nunca chora (tivemos um pouco de sorte nesse quesito), mas ele sempre teve regras. Desde que chegou em casa estipulamos o horário do banho, horário entre mamadas e fomos nos adequando da maneira que ele se sentia mais confortável.

Conosco funcionou desde o primeiro dia em casa a rotina do final da tarde,  acho que ajuda muito em uma noite bem dormida:

18hrs – Banho

18.30 – Mamada

19.00 – Domir

22.00 – Mamada (dormindo, eu pegava ele no colo e dava, arrotava e ele voltava a dormir no berço)

24.00 – Mamada (igual a das 22)

Depois da meia noite, esperava o pequeno acordar com fome. Nos primeiros 2 meses ele acordava as 3 ou 4 horas da manhã. A partir daí começamos a treiná-lo dormir a noite toda.

Aos 3 meses iniciamos chá de erva cidreira se ele acordasse entre 3 e 4 da manhã. Se acordasse as 5 dava mama. Fizemos isso por 1 semana e ele acostumou a não tomar o chá e aos poucos foi estendendo o horário até as 5. Junto com isso fomos trazendo a mamada da meia noite para 23 e 22. Aos 3 meses nossa rotina era:

18hrs – Banho e Mamada em seguida

19 – Dormir

20hrs – Mamada

22hrs – Mamada

Dessa forma eu usava o horário da meia noite para tirar tirar leite, que era oferecido a ele às 6 da manhã, assim eu conseguia dormir até mais tarde. Nossa produção de leite se adequa às necessidades deles, por volta dos 3 meses está tudo ajeitado e a partir daí eles crescem e precisam cada vez mais de leite em cada mamada, por isso achei importante manter o horário da meia noite para eu tirar o leite. Veja aqui como inserir mamadeira num bebe que mama apenas peito.

Com 4 e 5 meses o Julio já acordava apenas as 6.30 ou 7 da manhã. Ai fui parando de tirar o leite da meia noite e dava o peito de manhã. Tanto que aos 5 meses eu dificilmente tirava leite. Apenas quando quisesse sair.

Aos 6 meses, introduzimos suco e papa de frutas e depois de 1 semana o almoço. Com 7 meses ele já almoçava e jantava super bem. Aos 8 meses dou o peito apenas 1 vez ao dia, de noite.

17.30hrs – Banho

18.00 – Jantar

20.00hrs – Peito

21.00 – Mamadeira e Dormir

7.30 – Bom dia e mamadeira! (sim, das 21 às 7.30)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>