Shantala nele!

Essa semana tem sido muito produtiva! A Sofia está de férias da TO então, como minha filha é um bebê de 1 ano e meio e está ávida para informações e estímulos, resolvi tentar coisas novas. Uma delas foi fazer um curso de shantala que eu sempre quis. Já tenho DVDs sobre o assunto, já li diversas matérias, mas um curso só para mim com uma professora especialista disponível para tirar todas as minhas dúvidas foi a primeira vez. AMEI! A Sofia então nem se fale! Os resultados foram imediatos!
A Shantala é uma massagem para bebês que surgiu na Índia, local da famosa medicina ayurvédica. Na verdade a shantala é uma ramificação do ayurveda para bebês, super comum na Índia, praticada pelas mães em seus bebês a partir de 1 mês de vida.
O ayurveda é uma medicina milenar que atua na prevenção de doenças e manutenção da saúde do corpo. Entre as medidas que eles usam estão: remédios naturais, rituais de purificação, dieta balanceada e massagens.
O termo “shantala” surgiu na década de 70 com um médico francês, Frederick Leboyer, que andando pelas ruas de Calcutá na Índia, deparou-se com uma mãe fazendo essa massagem em seu bebê. O nome da mãe, Shantala, fez surgir o nome no Ocidente, principalmente no Brasil.
Essa massagem intensifica o relacionamento dos pais com o filho, portanto é indicada apenas para os pais realizarem. Abaixo, alguns benefícios:
– Ativa a circulação sanguinea;
– Relaxa a musculatura (ideal para fazer após atividade física, ou no caso da minha bebê, após fisioterapia)
– Alivio na prisão de ventre e cólicas;
– Como qualquer contato pele a pele, favorece o ganho de peso;
– Colabora com o desenvolvimento motor;
– Melhora o sistema imunológico.

Convenci? Então aprenda a fazer!

One thought on “Shantala nele!

  1. Oi Camila!

    Adorei o post e fiquei muito feliz por ensinar Shantala a vcs! Sofia é uma fofa e vc verá que muitos benefícios virão! Principalmente sobre a imagem corporal e dessensibilização de algumas memórias nada legais que ela viveu no hospital. Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>